Análise: Captain Toonhead vs the Punks from Outer Space

Captain Toonhead vs the Punks from Outer Space é um novo jogo VR com um sentido de humor fantástico, recheado de armas originais e grafismo colorido. De forma simplista, Captain Toonhead vs the Punks from Outer Space é Tower Defense, com a particularidade de que o jogo pega em tudo o que é normal na fórmula e acelera tudo, tornado este um dos jogos mais loucos do género. Mas quando olhamos para as suas mecânicas este é um jogo do género bastante tradicional até, destacando-se pelo facto de ser um jogo VR e pelo grafismo colorido e designs absurdos.

Ao contrário de outros jogos do género, Captain Toonhead vs the Punks from Outer Space faz um trabalho fantástico em tornar a jogabilidade nova e refrescante ao mesmo tempo em que é também um excelente jogo VR. Não é fácil um jogo ser bom no género em que se enquadra e também um bom jogo VR, mas Captain Toonhead vs the Punks from Outer Space consegue esse equilíbrio. Os jogadores não apenas obtêm uma visão de cima para baixo reconhecível do campo de batalha, mas também uma visão na primeira pessoa no terreno.

Tudo isto já foi feito antes, lembro-me por exemplo de Sanctum, mas a implementação aqui está muito boa. Cada câmara tem os seus benefícios, de cima para baixo pode ser usada para colocar e melhorar as torres e a visão na primeira pessoa é boa para nos colocar dentro da ação. O objetivo do jogo é derrotar ondas de inimigos, todos com habilidades diferentes, e impedi-los de chegar à nossa nave. Ao derrotar os inimigos, eles deixar cair sucata que funciona como moeda para construções e melhoramentos. Como veêm não há aqui nada de extraordinariamente diferente quando olhamos para as mecânicas mais básicas do jogo.

No final de cada ronda recebemos uma pontuação e quantos Enercubes salvá-mos. Salvar Enercubes é muito importante pois o trabalho deles é melhorar as nossas torres e armas. A variedade do design que gabei acima é transversal a todo o jogo e também as armas e torres são muito originais. A utilidade das torres em si por outro lado é bastante tradicional, desde torres de ataque rápido a torres que atrasam os inimigos, podem encontrar praticamente tudo o que é normal aqui e a forma como as podem melhorar também não foge em nada ao normal.

Algo menos normal é que um jogo deste género tenha uma boa história, mas Captain Toonhead vs the Punks from Outer Space tem uma ótima história, personagens e vozes. As vozes são realmente engraçadas e o jogo tudo faz para envolver o jogador no seu mundo e história. Visualmente o jogo é muito bom como já referi, tendo apenas alguns glitches visuais e gostaria de ter visto colisões com as mãos, com muito clipping a retirar a imersão ao jogo.

Captain Toonhead vs the Punks from Outer Space acaba por ser um jogo bastante tradicional nas suas mecânicas, mas além de perceber exatamente o que faz do género bom, o jogo tem uma fantástica arte e componente audio que elevam a produção e percebe exatamente como adaptar o género ao mundo VR.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

ComboCaster