Análise: Tank De La Muerta

Tank De La Muerta é uma espécie de novela mexicana em formato jogável e por incrível que pareça foi desenvolvido por um estúdio português, a Titan Forged Games, um estúdio com um nome que não deve ser confundido com a Titan Forge Games que desenvolveu jogos como o MoBA, Smite.

Tank De La Muerta é essencialmente uma novela gráfica onde a personagem principal é Enrique, um zombie que vive a sua vida normal num cemitério e está à procura do amor da sua vida. O jogo começa no dia de los vivos, uma espécie de inversão das festividades mexicanas do dia de los muertos. O jogo está recheado de humor, mas por vezes senti que tenta demasiado para ter piada e no final pouco sobra de uma história consistente.

Tank De La Muerta não é um jogo que possa recomendar. Tem a sua piada durante alguns minutos, mas o humor do jogo não é bom o suficiente para durar toda a história e tudo o resto é um pouco pobre. As vozes são fracas, com a vasta maioria das vezes a nem sequer existir. Quando existe é pouco mais do que um “Pero” ou “Yo soy” e todo o resto da frase aparece apenas como texto.

Também visualmente o jogo não é impressionante, com a grande maioria da ação a limitar-se a um zombie de um lado e uma outra personagem do outro, com o diálogo a decorrer entre as duas. Mesmo que gostem do género e o tema central de uma novela mexicana com zombies que se apaixonam por tanques e helicópteros, podem ficar a conhecer praticamente tudo o que precisam através dos videos do mesmo nome que estão no YouTube. Pelo menos aí podem contar com um voice acting completo.


Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

ComboCaster