Análise: Submerged: Hidden Depths

Submerged: Hidden Depths é um jogo de exploração bastante relaxante que praticamente elimina todas as fontes de frustração ao ponto de poder afastar jogadores que procuram nem que seja um pouco de desafio. Frustrante é no entanto que tenha que escrever uma nova análise a este jogo um dia após ter escrito um artigo exatamente sobre o mesmo assunto, no entanto nem sempre é fácil evitar que um site seja hackeado e quando tal acontece acaba sempre por se perder um artigo ou outro. Caso tenham lido a análise original não estranhem que esta não se pareça com aquela que leram.

Submerged: Hidden Depths é como já disse um jogo de exploração, com os jogadores a explorarem uma cidade submersa. O jogador controla Miku e Taku, dois irmãos que exploram um mundo contaminado com uma estranha planta. Miku tem uma habilidade que parece ser a principal arma contra a infestação e ao mesmo tempo Taku parece preocupado com o efeito que esta tem no bem estar dos irmãos.

Existe uma história contada aos poucos no jogo. Essencialmente o jogador tem como objetivo encontrar sementes espalhadas pelo mundo e sempre que uma é encontrada, o jogo conta-nos um pouco mais da sua história. Isto faz com que pareça que a história é contada aos poucos e percamos um pouco o interesse por parecer que recebemos apenas excertos de cada vez e entre sessões mais longas de jogo. A história em si é simples e portante não é um problema muito grave.

Podemos procurar as sementes pela ordem que quisermos e além da história, desbloqueamos aquilo que é essencialmente um ponto de viagem rápida que podemos utilizar através do mapa do jogo. A jogabilidade é simples e esta mecânica ajuda a encurtar distâncias. Não existe qualquer tipo de combate no jogo e tal como referi acima é realmente complicado encontrar um desafio aqui. A exploração deveria ser pelo menos um desafio, mas o jogo faz questão de nos mostrar onde temos que ir. Além disso para um jogo com elementos de plataformas, o jogo também efectua os saltos automaticamente.

Visualmente o jogo é realmente bonito e a banda sonora baseada em piano completa tudo de forma brilhante. Tecnicamente é também realmente estável, sem qualquer glitch ou instabilidade durante todo o tempo que passei com o jogo.

Submerged: Hidden Depths é um bom jogo no entanto não o posso recomendar a qualquer jogador que goste de se sentir minimamente desafiado. Nem todos os jogos precisam de ser o próximo Dark Souls, no entanto havia aqui espaço para desafiar um poucos os jogadores sem nunca tornar os jogo frustrante. Mas se procuram um jogo bonito com jogabilidade simples, então Submerged: Hidden Depths pode ser exatamente o que procuram.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

ComboCaster