Análise: Mario Kart 8 Deluxe – Booster Course Pass

Apesar de a Nintendo Switch ter um Mario Kart na sua loja, Mario Kart 8 é originalmente um jogo para a Wii U. Obviamente houve melhorias para o jogo para o seu lançamento para a Nintendo Switch, mas seja de que forma for, ao olhar para Mario Kart 8 vemos que o jogo basicamente não recebe novo conteúdo à cinco anos ou oito se contarmos o lançamento original para a Wii U. Pessoalmente tenho muitas dúvidas que a Nintendo lance um Mario Kart 9 para a Nintendo Switch. Não me lembro de ver dois jogos da série lançados para a mesma consola e se contarmos com o jogo de realidade aumentada que a Nintendo lançou, Mario Kart Live: Home Circuit, a Nintendo Switch já tem o dobro de Mario Kart que as restantes consolas da Nintendo tiveram.

Este Mario Kart 8 Deluxe – Booster Course Pass praticamente oficializa que não veremos um novo Mario Kart tão cedo, mas nem tudo são más notícias. A realidade é que este pacote é impressionante em termos de conteúdo. São 48 novas pistas que vão chegar em várias ondas ao longo dos próximos meses. Estas pistas são versões para Mario Kart 8 de conteúdo existente no Mario Kart Tour para dispositivos móveis, mas se nunca jogaram esse jogo ou basicamente odeiam o esquema de controlos desse jogo não se vão importar minimamente que seja isso que irá ser lançado para a Nintendo Switch e sinceramente nem vão notar.

O primeiro lançamento já está disponível e contém as taças Golden Dash e Lucky Cat, o que totaliza oito circuitos diferentes. Se oito novos circuitos é deveras impressionante para um DLC, pensar que é apenas uma muito pequena parte do que está para vir, ainda se torna mais impressionante. Tokyo Blur e Paris Promenade são verdadeiramente impressionantes, tanto visualmente como nas suas possibilidade de jogo. Ambas as pistas são ricas em alternativas dentro do percurso que podemos tirar partido. Estas possibilidades é o que faz com que Mario Kart seja um jogo tão gratificante, já que podemos jogar a mesma pista sem nos fartamos muito rápido, já que ter jogado e dominado uma pista são coisas muito diferentes. Além disso nem sempre podemos seguir o percurso da forma que queremos e temos de nos adaptar. As corridas são frenéticas e estes percursos não mudam nada a essa fórmula.

Além destes dois circuitos existe também o Ninja Hideaway que também é novo e faz justiça ao nome. De resto existem cinco circuitos clássicos que vêm de outras versões do jogo. Isto é algo que a Nintendo também fez com Super Mario Party com resultados muito positivos também. Os circuitos que estão de volta são Choco Mountain de Mario Kart 64, Shroom Ridge do Mario Kart DS, Sky Garden do Mario Kart: Super Circuit, Coconut Mall do Mario Kart Wii e Toad Circuit do Mario Kart 7. Todos estes são bons circuitos e são adições fantásticas ao jogo. Estas são recriações quase perfeitas, apenas com pequenas alterações que no geral não os tornam piores, mas também não sei até que ponto os torna melhores. Um pequeno defeito que vejo é que estes circuitos não têm a mesma qualidade visual dos circuitos incluídos no jogo base.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

ComboCaster