Análise: PlateUp!

Se gostam de jogos como Overcooked há neste momento no mercado uma enorme oferta. Sinceramente acho que Overcooked e a sua sequela são ainda os melhores exemplos do género, mas há jogos muito competentes como alternativa para quem não gostar da temática de Overcooked. A abordagem dos jogos semelhantes a Overcooked tem sido uma de duas. Copiar Overcooked em tudo ou afastar-se tanto da fórmula que o resultado é desastroso.

PlateUp! consegue juntar muitos dos conceitos de sucesso do género num pacote que usa muito dos elementos que funcionam nos jogos do género, tornando-o um pouco mais complexo que a concorrência. O jogo é uma fusão do conceito de cozinhar e servir junto com a gestão de um restaurante. A jogabilidade frenética é dada quando os clientes entram em seu restaurante e começam a pedir comida, mas o jogo oferece uma ação muito mais profunda em termos de personalização. Tanto podemos jogar a solo como em co-op local, online ou remoto. O sistema de controle de dois botões em uso para a ação principal é simples e acessível e jogar com amigos é a melhor forma de jogar e é super divertido, oferecendo ação verdadeiramente caótica.

O jogo contém um tutorial simples que é útil e eficaz em mostrar-nos o básico. Começamos por selecionar o esquema do restaurante detalhando onde são as paredes e as portas, juntamente com o menu de refeições. A ideia é atender e satisfazer todos os clientes que chegam ao restaurante durante o ciclo diurno. Uma barra amarela é preenchida lentamente na parte superior do ecrã para nos indicar em que parte do dia estamos. Não nos podemos dar ao luxo de perder um pedido ou incomodar um cliente que espera pacientemente do lado de fora. À medida que o jogo começa a tornar-se caótico, cada cliente revela o que procura numa nuvem acima da sua cabeça. As comidas podem ter várias formas de servir, por exemplo o bife pode ser mal passado, médio ou bem passado e é imperativo ter atenção às placas à medida que estes cozinham.

Para dizer a verdade nada na jogabilidade nesta última fase é muito diferente do que podemos esperar e é realmente semelhante a Overcooked. Uma vez que o dia tenha chegado ao fim com sucesso, recebemos moedas de ouro, bem como envelopes aleatórios. Cada um revela uma melhoria que podemos comprar se tivermos moedas suficientes. A personalização de poder mover os móveis é o que torna o jogo divertido e diferente. Após cada dia, podemos ajustar o menu e também ativar vantagens, como permitir que os clientes tenham mais paciência. Existem muitas mecânias de jogo em PlateUp! e a variedade de itens no menu faz com que o jogo se mantenha fresco durante bastante tempo. O objetivo final é sobreviver 15 dias mas essa tarefa é realmente difícil, especialmente na primeira tentativa. Após cada sessão, podemos expandir a franquia e adaptar as sessões futuras de acordo com a forma como desejamos jogar.

Visualmente PlateUp! é bastante básico, mas os gráficos são bons o suficiente para ver claramente onde está tudo. Neste tipo de jogo é bem mais importante que tudo seja legível do que recheado de detalhe e PlateUp! faz isso com sucesso e no geral o jogo é até bonito mesmo que básico. A música é também agradável e contrasta com o caos que é a jogabilidade.

PlateUp! é uma boa proposta dentro do género e uma que os fãs de Overcooked vão gostar. É agradável visualmente e divertido de jogar, oferecendo uma excelente longevidade graças aos elementos aleatórios. Se gostam de jogos de género e têm amigos para jogar, PlateUp! é uma excelente proposta.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

ComboCaster