Análise: SPOOKWARE

Ainda com as análise da altura do Halloween em lista de espera, hoje temos mais um jogo mais indicado para essa época. Em poucas palavras podemos descrever SPOOKWARE como uma espécie de WarioWare com uma temática de terror. Não é um jogo assustador nem algo que se pareça, apenas a sua temática. A mistura do fórmula de WarioWare, com os seus micro-jogos variados, com terror funciona bem, pendendo-se um pouco de variedade nos temas dos jogos, mas ganhando um sentido de humor ligeiramente diferente.

A inspiração vai saltar à vista para a maioria dos jogadores, mas existem muitos elementos bastante próprios no jogo. Primeiro temos o aspecto visual. Quem conhece WarioWare sabe que o jogo tem um estilo muito próprio e o qual os criadores de SPOOKWARE nem tentaram replicar. SPOOKWARE mistura visuais 2D com mundos 3D, um pouco como Paper Mario ou um diorama. Todo o grafismo é bastante cartoon e a estética consegue impressionar neste seu estilo.

O jogo está dividido em várias áreas, cada uma contida em si mesma. Apesar do jogo ser parecido com WarioWare vai um pouco mais além. Existe uma história e maioria do jogo é passado a caminhar e conversar com outras personagens. É preciso encontrar os itens ou personagens certas para avançar na história. Depois de ver o trailer do jogo estava à espera de algo bem mais direto, mas graças à atmosfera e visuais do jogo não posso dizer que não tenha gostado da abordagem.

Apesar de ser mais lento, muito mais, do que WarioWare, SPOOKWARE nunca desacelera ao ponto de se tornar aborrecido. Apesar de termos que encontrar itens ou personagens, nada é muito complicado e no geral os níveis são bastante lineares e a história até tem os seus momentos. SPOOKWARE é bastante único naquilo que oferece e o humor é muito bom, quase sendo razões suficientes para nos manter a jogar.

Por fim temos de referir os micro-jogos em si. Todos eles são desafiantes e temos apenas três hipóteses de ganhar. Mesmo quem está habituado ao ritmo frenético de WarioWare vai encontrar dificuldades aqui. A temática também permite que alguns jogos sejam bem mais macabros do que o típico jogo de WarioWare, mas não pude deixar de pensar que alguns dos jogos podiam ser muito mais acessíveis.

SPOOKWARE consegue oferecer uma experiência interessante e bastante única, o que é surpreendente já que o jogo podia passar por ser apenas um clone de WarioWare. Se gostam dessa linha dos jogos da Nintendo irão gostar do que vão encontrar aqui, mesmo que se possa tornar por vezes frustrante.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

ComboCaster